• Stella Apostolopoulos

Osteoartrite - Por que temos dores nas juntas??


Antes de já começar a explicação da causa da degeneração articular, acho importante mostrar como é formada uma articulação, para podermos entender os diversos mecanismos que podem acabar levando sua lesão.

Exemplos de articulações (cartilagens em azul) - mão e joelho:

A articulação é a junção ou ponto de contato entre dois ou mais ossos. Onde há esse contato ósseo, há um tecido especial, cartilaginoso, cuja principal finalidade é de provocar o deslizamento entre eles durante a execução de um movimento e absorção de choques mecânicos.

Nas articulações, além da cartilagem articular, existem outras estruturas: a cápsula fibrosa (que envolve toda a articulação) na qual se adere a membrana sinovial (uma membrana que produz um liquido viscoso, o chamado liquido sinovial, cuja função é nutrir, proteger e participar de todos metabolismo das células do tecido cartilaginoso).

Composição da cartilagem articular (hialina):

  • Condrócitos: células especiais que produzem e ficam "mergulhadas numa matriz rica em água, a matriz extracelular

  • Matriz extracelular: formada por numerosas fibras colágenas do tipo II (principal componente que serve para dar elasticidade e resistência), e moléculas específicas, como o ácido hialurônico, as proteoglicanas e glicoproteínas (essas últimas possuem capacidade hidrofílica, ou seja, de reter a água no tecido - cerca de 60 a 80% da matriz é formada de água) .

Mas afinal, o que é a Osteoartrite??

A osteoartrite (ou osteoartrose, ou artrose) é uma doença articular crônica, onde ocorre a degeneração da cartilagem articular, associada às alterações da qualidade e quantidade do liquido sinovial, levando a dor, rigidez e limitação de movimento articular.

Ocorre a degradação do colágeno e alterações no liquido sinovial. Este perde parte de suas propriedades viscoelástica e metabólica, uma vez que ocorre diminuição da produção de ácido hialurônico.

Além disso, existe a produção de "hormônios pró-inflamatórios" sintetizados pelos condrócitos lesados e pelas células inflamatórias presentes na membrana sinovial. Esse processo inflamatório vai dando continuidade ao processo de degradação (acabam por prejudicar as células saudáveis, formando um ciclo que leva a degeneração articular).

CAUSAS:

A causa da Osteoartrite é multifatorial e ainda pouco entendida, mas sabe que está ligada a fatores sem causa determinada e outros a fatores secundários:

Causa Primária (Idiopática):

(representa 90% casos)

  • Influência genética: formato ósseo, volume de cartilagem articular, mutações em condrócitos e matriz extracelular.

  • Relacionados com o próprio processo de envelhecimento: alterações condrócitos e matriz, densidade óssea menor (osso subcondral), perda da massa muscular (sarcopenia), rigidez dos tendões, diminuição de capacidade regenerativa.

  • Influência hormonal (deficiência de estrogênio): alterações dos condrócitos, perda de massa óssea e muscular

Causa Secundária:

  • Após algum trauma, lesão ou instabilidade articular

  • Obesidade com síndrome metabólica

  • Doenças inflamatórias ou reumáticas: Artrite reumatoide, Lupus, gota, as nefropatias, hepatites, entre outras).

TRATAMENTOS:

Hoje existem infinidades de condutas, suplementos alimentares e medicamentos que auxiliam na prevenção e no tratamento da osteoartrose. Cada tratamento deve ser analisado individualmente, dependendo do estágio de degradação articular de cada paciente e das causas da osteoartrite.

Tratamentos farmacológicos:

  • Condroprotetores (suplementação de colágenos, glicosamina, condroitina)

  • Analgésicos, antiinflamatórios e fitoterápicos (cúrcuma, óleo do abacate, Harpagophytum)

  • Viscossuplementação (infiltrações intra-articulares): com corticosteroides e/ou ácido hialurônico

Tratamentos não farmacológicos:

  • Mudanças de hábito de vida (pratica de atividade física, fortalecimento muscular, orientação ao paciente)

  • Controle da obesidade

  • Tratamento das doenças bases

  • Fisioterapia

  • Acupuntura

Ainda existem tratamentos fora das diretrizes: Ozônioterapia, Terapias de ondas de Choque, campos eletromagnéticos, infiltração com plasma rico em plaquetas ou células mesenquimais.

Tratamento Cirúrgicos:

(casos avançados)

  • Próteses (substituição articular)

  • Osteotomias

Infelizmente, nenhum dos tratamentos ainda são capazes de suspender ou reparar a degradação já instalada da cartilagem articular, e sim a ajudam e retardar seu processo, melhorando a dor e função articular, visando assim a melhora dos sintomas.

Nos próximos posts abordarei separadamente as principais causas e tratamento da Osteoartrose

REFERENCIAS BIBLIOGRÁFICAS

VELOSA A.P.; TEODORO, R.W; YOSHINARI, N.H. Colágeno na cartilagem osteoartrótica Collagen in osteoarthrotic cartilage - Artigo de revisão. Rev Bras Reumatol, v. 43, n. 3, p. 160-6, mai./jun., 2003.

EZILIANO, E.L. Doença articular degenerativa: principais meios diagnósticos

Universidade Federeal de Goiás, Escola de Veterinária e Zootecnia. 2012, 40f - Programa de Pós graduação em Ciência Animal, Goiás, Goiania.

Scott, W.N.; Insall, Scuderi, G. lnsall & Scott Cirurgia do Joelho - 5 ed

FONTES DE IMAGENS:

https://www.nutergia.pt/pt/nutergia-conselheiro/dossiers-bem-estar/articulacoes-cuidado-fragil.php

Netter’s Clinical Anatomy, 4th Edition ISBN: 978-0-323-53188-7

https://www.tuasaude.com/artrose-tem-cura/

#dorcrônica #dormuscular #artrose #osteoartrite #envelhecimento

The Square Open Mall,

 sala 11 Bloco F

(Granja Viana)
Cotia, SP 06709-900

grandoctor@grandoctorgv.com

© 2020 GranDoctor

Tel: (11) 2391-8818

          (11) 97182-9897